Já está no ar o site dos Planos Populares de Ação Regional

Data: 20/10/2020
Fonte: Sabrina Ortácio - jornalista

Já está no ar o site www.planospoularespoa.org dos Planos Populares de Ação Regional (PPAR). O projeto de assistência técnica em planejamento urbano foi desenvolvido durante dois anos pelo Instituto de Arquitetos do Brasil – Departamento Rio Grande do Sul (IAB - RS) em parceria do Cidade em Projeto - Laboratório de Ensino Pesquisa e Extensão (CPLAB – UFRGS) e patrocínio do Conselho de Arquitetos e Urbanistas do Rio Grande do Sul (CAU-RS).

No site é possível acessar objetivos, ficha técnica e metodologia utilizada pelas equipes, além dos resultados dos processos das regiões RGP1, RGP 2, RGP 4 e RGP 7 e o diagnóstico da região RGP5.  O plano RP1 já está publicado com revisão, os demais logo estarão completos disponíveis no site. Em breve, ainda serão disponibilizadas no endereço eletrônico as versões resumidas de todos os planos.

O projeto criado em 2018 surgiu a partir da reivindicação de alguns Conselheiros das Regiões de Gestão do Planejamento (RGPs) no Conselho Municipal de Desenvolvimento Urbano Ambiental (CMDUA) de Porto Alegre.

O Coletivo Ambiente Crítico (CAC) e o Escritório Modelo Albano Volkmer (EMAV) apoiaram o projeto, além de dois Projetos de Extensão da UFRGS: o Planos Populares de Ação Regional e o 4º Distrito: diálogo entre atores sociais e conhecimento sobre o território. Também foram realizadas parcerias populares com os Conselheiros, Delegados, moradores e movimentos sociais de cinco das oito RGPs do município, sendo assim possível desenvolver uma estratégia de mobilização e participação social.

O projeto ofereceu formação e assistência técnica através de oficinas participativas, espaços de discussão e proposição sobre questões urbanas relativas a cada RGP.  Os Planos resultantes desse processo se distanciam do olhar exclusivamente técnico, buscando evidenciar as carências, os desejos, as dificuldades da vida cotidiana e, sobretudo, das lutas urbanas a partir de leituras comunitárias. É a realização de um momento do Direito à Cidade.