Seminário "Um Memorial para Santa Maria" encerrou com homenagens e agradecimentos

Data: 04/09/2017
Fonte: IAB RS e PMSM

Durante dois dias, familiares, representantes do Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB-RS), do Poder Executivo, estudantes e pessoas da comunidade participaram do seminário “Um Memorial para Santa Maria”. As atividades iniciaram na noite de sexta-feira (1º) e encerraram na tarde de sábado (02).

O encontro procurou recolher, junto aos familiares, subsídios que possam pautar os profissionais interessados em participar de um Concurso Público Nacional de Arquitetura. O certame vai receber propostas para que, a partir delas, seja escolhido um projeto arquitetônico capaz de contemplar os anseios da AVTSM, na tentativa de transformar o local da tragédia, na Rua dos Andradas.
 

Na noite de sexta, as atividades ocorreram no Salão de Atos da Unifra. O presidente da AVTSM, Sergio Silva, fez a abertura da noite e defendeu a ideia de que a sociedade deve se envolver com os problemas, em busca de solução. “Para os familiares a dor é eterna. Mas saber que a sociedade de Santa Maria e do mundo está envolvida com a nossa história é um alento para nós”, afirmou Sergio.
 

A coordenadora do Núcleo de Gestão Estratégica de Acolhimento, Lúcia Madruga, representou o prefeito Jorge Pozzobom no ato. Emocionada, a secretária de Educação ponderou que a sociedade precisa de respostas diante da tragédia.

“Eu me sinto parte da Associação desde que criamos o Núcleo de Acolhimento. E o chefe do Executivo tem se destacado por auxiliar este grupo, sempre com o respeito que a situação exige. É nosso dever contribuir para que os corações se sintam melhor e para que possamos nos organizar, enquanto sociedade, para darmos uma resposta a tudo o que aconteceu”, argumentou Lucia Madruga.
 

 
Após, o presidente do IAB-RS, Rafael dos Passos, explicou a dinâmica da primeira noite do seminário. Foi realizada a palestra “O que é um Memorial?”, proferida pela arquiteta Manuela Ilha, traçando um panorama do conceito, funções e formas de representação da memória. Na sequência, o coordenador da campanha de arrecadação para o Memorial às Vítimas da Kiss, Tiago Holzmann da Silva, apresentou exemplos de memoriais ao redor do mundo. No telão, locais como “Memorial às Vítimas do 11 de Setembro”; “Memorial 17 de Julho”, em homenagem às vítimas do acidente da TAM e “Memorial da Paz”, em Hiroshima, foram mostrados como referência do que pode ser construído em Santa Maria.
 


SÁBADO MARCADO POR OFICINAS E HOMENAGENS 
O seminário “Um Memorial para Santa Maria” continuou no sábado (02). As atividades ocorreram durante a manhã e a tarde, no Centro de Ciências Sociais e Humanas (CCSH) e foram coordenadas pela socióloga, Eliete Gomes. Divididos em sete grupos, pais, familiares e profissionais convidados, participaram de uma atividade prática que consistia em elencar respostas para quatro questões: 1. Por que é importante o Memorial de Santa Maria? 2. Que atividades devem ser desenvolvidas no local? 3. Como deve ser o espaço do Memorial? 4.  O que deve ter e o que não deve ter no Memorial?
 


Cada grupo trabalhou separadamente para, ao final, unirem-se no auditório do CCSH no sentido de compartilharem as respostas da atividade. As respostas serão tabuladas em um relatório, elaborado pela socióloga Eliete Gomes e apresentado até 14 de setembro. Depois de finalizado, o documento deverá compor o edital do Concurso Público Nacional de Arquitetura, a ser lançado em outubro.
 

Ao final da atividade prática, pais e familiares foram homenageados e receberam flores. A AVTSM também prestou homenagem aos profissionais integrantes do IAB-RS, pelo fortalecimento da parceria e apoio durante o processo.
 





CAMPANHA DE ARRECADAÇÃO CONTINUA NA INTERNET
Lançada em 21 de agosto, a campanha de arrecadação para o Memorial às Vítimas da Kiss continua recebendo doações. A ação pretende viabilizar, a partir do financiamento coletivo, a realização do Concurso Público Nacional de Arquitetura que contemple todas as etapas (projeto arquitetônico, paisagístico, de estrutura e de instalações) para a construção de um Memorial às Vítimas da Kiss.

SAIBA COMO CONTRIBUIR
Pessoas físicas ou jurídicas podem doar utilizando a plataforma de financiamento coletivo disponível no site www.juntos.com.vc/memorialkiss, no período de 21 de agosto a 02 de outubro. Ao acessar a página, o doador deve clicar em “Apoiar este projeto” e escolher o valor desejado para a doação. As doações mínimas podem ser feitas a partir de R$ 5 (para outros valores, veja abaixo).

O pagamento será feito com cartão de crédito ou Moip (pagamento online). Há ainda a possibilidade de emitir boleto bancário, principalmente para as empresas. As doações são declaráveis no Imposto de Renda e, dependendo do valor, o doador poderá ter direito a uma recompensa. Mais informações em https://secure.juntos.com.vc/pt/como-funciona.

VALORES E RECOMPENSAS
A partir de R$ 50: Nome no catálogo do Concurso Público de Arquitetura; Certificado de Apoiador(a) (pdf). Recompensas destinadas APENAS para PESSOA FÍSICA.

A partir de R$ 100:  Nome no catálogo do Concurso Público de Arquitetura; Certificado de Apoiador(a) (pdf); – Versão digital antecipada do catálogo do Concurso Público de Arquitetura; Kit #MemorialKiss: kit digital com o material gráfico e audiovisual da campanha; Carta de agradecimento dos pais das vítimas da Kiss. Recompensas destinadas APENAS para PESSOA FÍSICA.

A partir de R$ 500: Nome no catálogo do Concurso Público de Arquitetura; Certificado de Apoiador(a) (pdf); Versão digital antecipada do catálogo do Concurso Público de Arquitetura; Kit #MemorialKiss: kit digital com o material gráfico e audiovisual da campanha; Carta de agradecimento dos pais das vítimas da Kiss. Recompensas destinadas APENAS para PESSOA FÍSICA.

A partir de R$ 1 mil: Nome da empresa no catálogo do Concurso Público de Arquitetura; Certificado de Empresa Apoiadora (pdf); Versão digital antecipada do catálogo do Concurso Público de Arquitetura; Kit #MemorialKiss: kit digital com o material gráfico e audiovisual da campanha; Carta de agradecimento dos pais das vítimas da Kiss; Visita 3D ao Memorial (link). Contribuição MÍNIMA para EMPRESAS. Recompensas destinadas para empresas.

A partir de R$ 5 mil: Nosso muito, muito obrigado! Certificado de Empresa Apoiadora (pdf); – Versão digital antecipada do Catálogo do Concurso Público de Arquitetura; Kit #MemorialKiss: kit digital com o material gráfico e audiovisual da campanha; Carta de agradecimento dos pais das vítimas da Kiss; Visita 3D ao Memorial (link); Logomarca da empresa no Catálogo do Concurso Público de Arquitetura; Catálogo impresso do Concurso Público de Arquitetura. Recompensas destinadas para empresas.

A partir de R$ 10 mil: Certificado de Empresa Apoiadora (pdf); Versão digital antecipada do Catálogo do Concurso Público de Arquitetura; Kit #MemorialKiss: kit digital com o material gráfico e audiovisual da campanha; Carta de agradecimento dos pais das vítimas da Kiss; Visita 3D ao Memorial (link); Catálogo impresso do Concurso Público de Arquitetura; Placa de Empresa Apoiadora para colocar no estabelecimento – comercial; – Logomarca da empresa em destaque no catálogo do Concurso Público de Arquitetura – Logomarca da empresa no banner oficial do evento de cinco anos da tragédia. Recompensas destinadas para empresas.

METAS DA CAMPANHA
Meta Mínima: R$ 250 mil – concurso completo, eventos, exposição, catálogo, premiações;
Meta Intermediária: R$ 400 mil – honorários para o vencedor do concurso referentes ao projeto de arquitetura e paisagismo;
Meta Final: R$ 500 mil – complementação dos honorários do vencedor para projetos complementares (estrutural, hidrossanitário, elétrico, luminotécnica, PPCI e outros).